• Cuidados com a pele são essenciais em exercícios ao ar livre

    Sem título

    Com os termômetros elevados, os praticantes de atividades ao ar livre devem tomar algumas precauções com a pele, já que o sol pode provocar danos muito além da cútis, como células, vasos sanguíneos, fibras, entre outros.

    Além disso, há uma maior possibilidade de queimaduras, que podem aumentar as chances de câncer de pele e desenvolver o envelhecimento precoce. Em atividades como surf, stand up paddle, vela, entre outras práticas na água, os protetores especiais podem ser utilizados. O uso do protetor solar com mínimo de fator 30 deve ser aplicado a cada duas horas. Como não há um cálculo que especifique um tempo de exposição ao sol seguro, é importante que os atletas se informem sobre o índice ultravioleta das cidades.

    Após as atividades, a hidratação com água (dois a três litros por dia), sucos naturais e água de coco são de extrema importância, assim como o banho, que deve ser realizado com sabonete com o ph da pele (como o de glicerina, por exemplo). Além disso, hidratantes a base de ureia, polifenóis de uva, glicerina, d-pantenol, lactato de amônia, silicones e vitamina E também são ótimos para recuperar a pele danificada após o sol. Em caso de ardor e vermelhidão, apostar em hidratantes com aloe vera e camomila podem ajudar. A água termal também ajuda a hidratar, acalmar e equilibrar o pH da pele, além de reconstituir a barreira de proteção cutânea, deixando a pele mais saudável e protegida de agressores externos. Por isso, borrifar água termal (que possui efeito calmante e anti-inflamatório) pode ajudar com a ardência e vermelhidão.

     

    FONTE: http://www.educacaofisica.com.br/index.php/voce-ef/98-saude-bem-estar/26847-cuidados-com-a-pele-sao-essenciais-em-exercicios-ao-ar-livre

Deixe uma resposta